Concurso PM-PE: 580 vagas para Policiais e Bombeiros

Dois editais abrem 580 vagas no concurso da Polícia Militar de Pernambuco (PM-PE) e do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBM-PE)

Por

Com dois editais publicados, o novo concurso da Polícia Militar de Pernambuco (PM-PE) abre 580 vagas para a corporação e para o Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBM-PE). Candidatos de níveis médio e superior podem se inscrever para tentar cagas como Soldado e Oficial.

Para Praça, são 500 vagas na PM para candidatos de escolaridade média, idade entre 18 e 28 anos, carteira de habilitação de categoria mínima B e estatura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens. Durante o curso de formação, o aluno deverá exercer atividade discente, em regime de dedicação integral, e demais atividades internas e externas atreladas à sua formação, tendo direito a bolsa-auxílio de R$ 1.100,00. O ingresso na corporação acontecerá após a conclusão do curso com aproveitamento e o salário dos militares será de R$ 2.819,88, para que ele realize policiamento ostensivo preventivo fardado; atenda e solucione ocorrências; execute atividades operacionais e policiamento reservado; restabeleça ordem pública; controle distúrbios civis, entre outras atribuições. 

Já para Oficiais são 80 vagas na PM e no CBM. Os alunos receberão bolsa de R$ 2.200,00 durante a realização do curso. A função demanda curso superior em Direito, idade entre 18 e 28 anos, carteira de habilitação de categoria mínima B e estatura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens. O Aspirante-a-Oficial terá remuneração de R$ 8.576,58, devendo exercer atribuições inerentes aos oficiais subalternos, com atribuições e deveres semelhantes, respeitadas as restrições previstas em leis, regulamentos e instruções pertinentes. A carreira tem ainda os cargos de Segundo-Tenente QOPM, com atribuição de comandar pelotões e companhias de Polícia Militar; coordenar serviços operacionais; atuar nas ações de prevenção e repressão qualificada à criminalidade e à violência, em especial, aos crimes letais intencionais; planejar atividades operacionais e administrativas relativas a recursos humanos, financeiros e logísticos; atuar como autoridade Policial de Polícia Judiciária Militar e de Polícia Administrativa; desenvolver processos e procedimentos administrativos disciplinares; promover estudos técnicos e pesquisa policial militar; desenvolver atividades de ensino e instrução; e Segundo-Tenente QOCBM, para comandar pelotões e postos de bombeiros do Corpo de Bombeiros Militar; coordenar serviços operacionais; atuar nas ações de salvamento, combate a incêndio e atendimento pré-hospitalar, realizar vistorias técnicas, e ser capaz de realizar tarefas variadas, reconhecendo as condições de segurança, a cena e a situação da ocorrência; ter capacidade de utilizar adequadamente os equipamentos de proteção individual (EPI); planejar atividades operacionais e administrativas relativas a recursos humanos, financeiros e logísticos; atuar como autoridade de Polícia Judiciária Militar; desenvolver processos e procedimentos administrativos disciplinares; promover estudos técnicos e pesquisa bombeiro militar; desenvolver atividades de ensino e instrução.

Pelo site www.upenet.com.br, as inscrições serão realizadas entre 10 de junho e 8 de julho para Oficiais e entre 10 de junho e 16 de julho para Soldados. As taxas de participação são de R$ 135,00 e R$ 150,00, variando de acordo com o cargo, com isenção prevista para candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadúnico) que forem membros de família de baixa renda.

Os candidatos passarão por provas objetiva, discursiva (apenas para Oficial), exames médicos, exames de aptidão física e avaliação psicológica. A etapa objetiva acontece em 12 e 26 de agosto, de acordo com o cargo.

A vigência do certame será de um ano a partir da sua homologação, prazo que pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Comentários